Nutrição e a prevenção da celulite

Os padrões de beleza sofrem alterações durante os anos. Hoje em dia, os valores estéticos buscam a magreza e o corpo perfeito.
Devido às concentrações hormonais e a distribuição do tecido adiposo, as mulheres tendem a ter maior dificuldade em controlar o seu peso e irregularidades no corpo podem aparecer. Uma das disfunções mais temidas é a celulite, que foi descrita pela primeira vez na década de 20.
A celulite caracteriza-se por uma alteração estética na região cutânea superficial, demonstrada por uma mudança na conformação das células, acompanhada de retenção hídrica, resultando em uma saturação do tecido conjuntivo. Esse processo pode ser resultado de reações inflamatórias, tóxicas, alérgicas, metabólicas, hormonais e/ou circulatórias.
Nutricionalmente, observamos hoje um aumento do consumo de alimentos industrializados, ricos em açúcares simples, sódio e gorduras saturadas. Este tipo de dieta encontra-se intimamente relacionada a fatores que aumentam o aparecimento da celulite.
A nutrição possui um papel fundamental no controle dessa disfunção. Sabe-se que o consumo de uma alimentação equilibrada, rica em frutas e hortaliças é chave para a boa saúde.
Entretanto, existem alguns nutrientes específicos que podem auxiliar no controle da celulite. São exemplos:
- Silício: facilita formação das glicosaminoglicanas e do colágeno; modifica permeabilidade capilar venosa e linfática; estimula a lipólise.
- Boro: mantém a organização das fibras elásticas; promove renovação celular; diminui o edema e a infiltração no tecido celular subcutânea; melhora a regulação dos hormônios sexuais.
- Enxofre: substrato para síntese de colágeno e de queratina; ação anti-inflamatória e destoxificante.
- Vitamina C: co-fator para enzimas envolvidas na hidroxilação do colágeno.
Ainda, podem-se citar alguns fitoterápicos com o mesmo propósito: Fucus vesiculosus, Ruscus aculeatus, Horse chestnut, Centella asiática.
Seguem outras condutas impotantes para a prevenção e tratamento da celulite:
- Eliminar toxinas e metais pesados
- Melhorar a função digestória e intestinal
- Melhorar a função hepática
- Modular o sistema imuninário
- Detectar as alergias alimentares
- Reparar o sistema linfático e circulatório
- Propor co-fatores para produção de colágeno
- Despolimerizar ácido hialurônico
Para maior orientação procure o nutricionista estético, pois é o profissional habilitado para melhorar a saúde e a auto estima de seus clientes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário