Diabetes


Diabetes Mellitus ou Diabetes Melito é uma condição resultante de uma secreção inapropriada de insulina pelas células b pancreáticas, de defeitos na ação da insulina ou de uma associação desses dois distúrbios. Prejudicando a entrada da glicose para dentro das células.

NUTRIÇÃO E DIABETES
A dieta é a parte fundamental do tratamento em todos os portadores de DM, devendo ser entendida como um planejamento cuidadoso e balanceado da alimentação, mas nunca como uma simples listagem de proibições e limitações alimentares. A orientação alimentar no diabetes já foi muito polêmica, porque antigas condutas eram norteadas pela retirada dos alimentos fontes de carboidratos, pois assim se acreditava na preservação da função das células b. No entanto, os pacientes acabavam sendo acometidos por problemas de desnutrição, piorando o quadro de saúde do portador do diabetes.

Atualmente, a composição da dieta do diabético tem recomendações similares à dos não-diabéticos. Estudos têm mostrado que uma alimentação equilibrada associada à pratica de atividade física tem grande efeito benéfico no controle da doença. Nesse contexto, o plano alimentar terapêutico do paciente com diabetes deve ser individualizado, respeitando as condições socioeconômicas e culturais, hábitos alimentares, além da presença de complicações do diabetes ou de outras doenças associadas.

Objetivos nutricionais no tratamento do Diabetes
A alimentação no DM tem como objetivo principal promover um bom controle glicêmico, sendo imprescindível considerar as particularidades de cada paciente, embora objetivos mais específicos devam ser considerados como:
1- Manter ou atingir os níveis glicêmicos, perfil lipídico e pressão arterial recomendados.
2- Adaptar a alimentação à medicação e à rotina do diabético.
3- Proporcionar adequação de peso corporal para atender às necessidades metabólicas, principalmente durante a gestação e a lactação, situações em que existe uma demanda aumentada.
4- Assegurar o crescimento e o desenvolvimento adequados de crianças e adolescentes.
5- Promover o ajuste dietético para prevençãoç e tratamento das complicações agudas e crônicas do diabetes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário