Cuidados com os dentes

O que o nutricionista tem a ver com cuidados com os dentes?

É que um dos principais motivos pelo qual tem aumentado o número de crianças e adolescentes com dentes tortos procurando o ortodentista é o fato da criança não estar se alimentando como deveria.


Quando mastigamos, vários músculos da face e até do pescoço entram em atividade. Os dentes e os maxilares superiores e inferiores (mandíbula) tem a função de cortar, triturar e dilacerar os alimentos que devem chegar ao estômago bem quebradinhos! Mas, infelizmente, a alimentação atual não vem permitindo este exercício.


Antigamente as crianças comiam frutas, verduras cruas, cereais integrais e grãos, alimentos mais duros, que necessitavam de uma boa mastigação. Assim, elas exercitavam a mandíbula e o crescimento dos músculos da face e dentes era perfeito.


Depois que a indústria alimentícia passou a colocar na nossa mesa somente alimentos refinados, apareceram os problemas. As crianças trocaram os alimentos integrais ricos em fibras e, portanto mais duros, por arroz branco, pão branco, alimentos bem cozidos e macios e esquecendo das saladas cruas, dos grãos inteiros (aveia, trigo, soja, por exemplo).


As mamães descascam os legumes, as frutas e jogam fora as cascas ricas em fibras. Em seguida trocando a fruta de sobremesa por um pudim ou gelatina que não precisam ser mastigados.




A crianças dizem que não gostam de carne, mas come hambúrguer! Na verdade, elas não gostam é de mastigar.


O pior veio com o uso do liquidificador: tudo batido, principalmente para o bebê “que não sabe mastigar”. O bebê não sabe mastigar, mas precisa aprender! E fazendo purê ou sopa estaremos dificultando esse aprendizado. O bebê precisa desenvolver seus músculos da face. As papinhas devem ser amassadas e não batidas.


As crianças deveriam comer uma fruta de lanche no lugar do pão massinha com geléia, trocar a batata frita por um legume cozido e o leite com chocolate por um iogurte com cereais integrais, por exemplo. Assim, estamos incentivando a mastigação, evitando as cáries (açúcar), além de cultivar hábitos saudáveis para vida toda.


Alimentos que incentivam a mastigação:

  • frutas com casca
  • verduras cruas (repolho, cenoura ralada, tomate, alface, alface americana etc)
  • cereais integrais (arroz integral, aveia, granola etc)
  • grãos (feijão, grão de bico, ervilha, lentilha)
  • carnes
  • pães integrais

Um comentário:

  1. Dra. Ana Carolina adorei o artigo. Acho muito importante os profissionais da saúde comentarem sobre a mastigaçao e a alimentação. Principalmente nos que atendemos crianças.
    Parabéns. Um gande abraço Dra. Mirce

    ResponderExcluir